terça-feira, 26 de julho de 2011

Bagé será Santa Fé em “O Tempo e o Vento”



por: Munique Monteiro

[00H:00MIN] 21/07/2011 - CINEMA

Depois de meses de expectativa, foi definido no final da manhã de ontem que Bagé e Candiota receberão as filmagens do filme "O Tempo e o Vento".

FRANCISCO RODRIGUES

Na Rainha da Fronteira as gravações acontecerão no Parque do Gaúcho, que será a cidade cinematográfica de "Santa Fé", e no município vizinho, no antigo cemitério Alto Santa Rosa ocorrerão as cenas de batalhas. A previsão é que em novembro comece a construção de toda a estrutura, já entre março e abril de 2012, devem iniciar as filmagens. No fim da tarde de ontem, o prefeito de Bagé, Luís Eduardo Colombo dos Santos, concedeu uma coletiva de imprensa para fazer o anúncio oficial aos veículos de comunicação do município.
Para o prefeito, a decisão deixa a cidade num lugar privilegiado, dando ênfase que foram oferecidas todas às condições desejadas para a produção realizar as filmagens. "No ano do bicentenário, Bagé ganha uma nova cidade, Santa Fé", comemora. O momento é considerado ideal pelo prefeito, "é um grande presente para a cidade, até porque já vínhamos nessa conversação há meses", salienta. A próxima etapa é a captação de recursos para viabilizar toda a estrutura necessária à produção da película. "Nos próximos dias vamos realizar uma reunião com os deputados da região, Luís Augusto Lara, Luiz Fernando Mainardi e Afonso Hamm, além do deputado federal Ronaldo Zülke e o presidente da Câmara Federal, deputado Marco Maia. Também estará participando dessa articulação o presidente da Câmara de Vereadores, Sílvio Machado", ressalta. Colombo diz ser necessária uma grande preparação para a cidade receber este momento tão especial, para tanto, reunirá entidades de diferentes segmentos, para que possam estar organizadas para acolherem da melhor maneira possível os visitantes, que serão das mais variadas áreas, desde artistas e produtores, a grande mídia nacional, que gravará programas de TV, assim como produzirá materiais para revistas e sites.
Segundo o secretário de Cultura Sapiran Brito, Bagé nunca teve um evento deste porte, e dificilmente terá novamente, afirmando ser incalculável o retorno que esta gravação trará, "é a maior produção da Globo Filmes, seremos divulgados para o mundo", enfatiza. Sapiran conta que o diretor Jayme Monjardim afirmou que este é o filme da sua vida, e que a estrutura da cidade determinou que a Rainha da Fronteira fosse escolhida. Conforme a secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Magda Flores, ao mesmo tempo em que esta decisão é um presente aos bajeenses, também exige uma superação, "é um grande desafio", declarou. Magda destaca a necessidade do "bem receber", de realizar uma preparação intensa para viver este momento. "Vai mexer com toda a cidade", dando ênfase para a economia e dizendo que o cinema é a arte que dá mais projeção a um local.
O prefeito de Candiota, Luiz Carlos Folador, também confirmou ontem que o município receberá gravações do filme. "Tínhamos muito interesse em possibilitar esta iniciativa e conseguimos. Tenho certeza que isto trará muitos benefícios para o nosso município", comemorou. Num breve encontro com o co-produtor Beto Rodrigues, na manhã de ontem, a equipe do Jornal MINUANO teve acesso aos desenhos da cidade cinematográfica de Santa Fé, que será construída no Parque do Gaúcho. Na foto em destaque nesta matéria é possível ter uma ideia do que a equipe produzirá no local.


FONTE JM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário